A Fundadora

 

Maria Isabel Matias, nasceu em Lisboa, em 1905
e faleceu em Coimbra em 1969.
Depois de uma longa procura,
vê aprovado o Instituto em 1952.

Uma Adolescente à procura da vontade de Deus;
Uma Jovem alegre e determinada;
Uma Mulher madura, atenta a todos,
especialmente aos mais carenciados.
Uma mística, que vivia centrada em Deus e
que sintetiza a sua vocação na frase:

“Quero atuar no mundo mergulhada em Deus, trindade que adoro”.